Mentira

Resultado de imagem para noite de estrelas

A paisagem morna
de uma tarde sem brilho
embaçava os meus olhos
neutralizava meus passos
Tentava me enganar
como se eu fosse criança.
Mas foi inútil a sua tentativa
Eu já sabia:
que era passageiro -  passaria!
A noite,
para a minha alegria chegaria,
brilhosa
majestosa
debochando da outra
metade daquele dia.

8 comentários:

MARILENE disse...

Que beleza!! Tudo é mesmo passageiro e precisamos manter a fé, aquela que nos permite antecipar na mente a noite linda que vai chegar após o nublado dia.
Estou ausente da blogosfera mas não dos amigos. E venho lhe desejar um abençoado Natal, ao lado dos que lhe são queridos, assim como um ano que lhe ofereça paz, tranquilidade, esperanças, realizações... muitas alegrias. Grande abraço!

Solange Duarte disse...

Depois de muito tempo estou voltando..
Talvez reative meu blog..

Um abraço ..Sol

Louraini Christmann disse...

E estou voltando.
Te espero no meu blog.

lis disse...

Teresópolis lhe faz muito bem e desejo que sempre esteja inspirado assim aí nas montanhas e no clima ameno que debocha com razão de lugares pouco amáveis! rs
Estou em plena Suiça amigo_curtindo o frio europeu!
Feliz 2017 !!

✿ chica disse...

Muito lindo e tua inspiração brilha como as estrelas na noite...abração,chica

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

A noite, riu-se do dia,
Até que ele apareceu.
O que passou, passaria
À luz do sol de alegria,
Até que anoiteceu.

Abraço
SOL

Gracita disse...

Dias mornos com tardes morosas substituídas pela bruma majestosa do anoitecer
delineada de forma brilhante nestes versos encantadores
Uma feliz e abençoada páscoa
Um grande abraço Paulo

Anete disse...

Bonito e reflexivo poema!
Tudo passa, mas o verdadeiro AMOR permanece...
Abraço